Mastercard lidera o setor de pagamentos rumo a um futuro mais sustentável

julho 22, 2020 | Purchase, Nova York | De Michelle Muslera

Mais de 60 instituições financeiras emitiram cartões feitos de plásticos recicláveis, de origem biológica, sem cloro, degradáveis ​​e oceânicos

OnlinePurchase

Mais de três quartos das pessoas dizem estar “muito preocupadas” com o meio ambiente e acham que as empresas deveriam estar fazendo mais para lidar com seu impacto no planeta. Enquanto os consumidores procuram maneiras de ajudar a combater as mudanças climáticas por meio de suas próprias ações positivas, muitos estão limitando a utilização de plásticos usados uma única vez. Para lidar com essa crescente preocupação, a Mastercard trabalhou com players globais do setor para desenvolver um programa de cartões sustentáveis para todos os emissores de cartões em todo o mundo. Um novo catálogo de materiais e fornecedores sustentáveis ​​para produtos de cartão de pagamentos tem como objetivo tornar escolhas sustentáveis a primeira opção de todas as instituições financeiras no mundo e impulsionar uma inovação aprimorada.

Hoje, as ofertas de cartões sustentáveis ​​da Mastercard estão disponíveis para consumidores em mais de uma dúzia de países em todo o mundo, e mais de 60 instituições financeiras emitiram cartões com materiais aprovados feitos de plásticos recicláveis, de fontes biológicas, sem cloro, degradáveis ​​e amigáveis aos oceanos. Entre essas instituições estão o Crédit Agricole e o Mauritius Commercial Bank (MCB), bem como o Santander, que emitirá esses cartões em breve. Com esse recurso, os bancos poderão aprender mais sobre essas alternativas, conectar-se aos fabricantes de cartões e, por fim, aumentar suas próprias iniciativas de sustentabilidade com uma mudança sistêmica em sua cadeia de suprimentos.

Essa iniciativa é um novo marco de um esforço de vários anos que levará ao lançamento do sistema de certificação global da Mastercard para cartões sustentáveis ​​aprovados. Ele se baseia na GPP (Greener Payments Partnership), formada em 2018 pela Mastercard e os fabricantes de cartões Gemalto, Giesecke+Devrient e IDEMIA para estabelecer as melhores práticas ambientais e reduzir o uso de plástico PVC de primeira utilização na fabricação de cartões. Seis bilhões de cartões de pagamento são produzidos a cada ano, geralmente de PVC. Esses cartões são substituídos, em média, a cada três a quatro anos, e os cartões descartados vão para aterros sanitários em todo o mundo.

“Nosso objetivo é simples: queremos ajudar os bancos a oferecer mais cartões ecológicos aos consumidores e estamos tomando medidas concretas para promover essa mudança. Dessa forma, todos se beneficiam - é melhor para o meio ambiente, é melhor para os negócios e atende às crescentes necessidades dos consumidores”, diz Ajay Bhalla, Presidente de Cyber ​​& Intelligence da Mastercard. “Estamos empolgados em ver nossos esforços ganhando força em tantas partes do mundo e esperamos que mais organizações se unam a nós, pois usamos o nosso poder coletivamente para o bem para enfrentar esses desafios ambientais urgentes”.

A Mastercard continua a investir em novas tecnologias e recursos para levar novos aprendizados e insights ao mercado global em apoio a escolhas sustentáveis em todas as áreas de pagamentos. O Global DigiSec Lab da Mastercard no Reino Unido, que trabalha para maximizar a inovação de produtos e investimentos em segurança, investiu em uma tecnologia que analisa a composição material de um cartão para avaliar as reivindicações ambientais em nome do setor, para que os clientes possam ter certeza de que qualquer cartão Mastercard feito de um material sustentável que emitirem terá sido avaliado e verificado independentemente. Além disso, o laboratório está investindo em liderar pesquisas acadêmicas ligadas a maneiras ambientalmente amigáveis ​​de reciclar os cartões de plástico existentes.

“Sabemos que nossos clientes procuram produtos mais sustentáveis ​​e buscam maneiras de realizar mudanças positivas no mundo. Essa abordagem nos permitiu não apenas atender às necessidades dos consumidores, mas também oferecer um produto que esteja alinhado com nossos valores de sustentabilidade corporativa”, diz Marco Briata, Diretor da área de Digital e Pagamentos do Crédit Agricole Italia.

“O MCB está totalmente comprometido em proteger o meio ambiente e o nosso patrimônio local. Estamos convertendo nosso portfólio de cartões em ácido polilático (PLA), o que reduz em mais de 80% o uso do PVC tradicional. Além disso, toda vez que um cliente usa nosso cartão de débito Mastercard, fazemos uma contribuição para a Mauritian Wildlife Foundation para salvar espécies ameaçadas da República de Maurício por meio da restauração de ecossistemas inteiros”, diz Stephanie Ng Tseung, Diretora de Cartões do MCB.

Inspirando Escolhas Ambientalmente Conscientes

A Mastercard torna o Ambiental, o Social e a Governança (ESG) o foco central em seu modelo de negócios, aplicando a escala e o escopo máximos da tecnologia, das parcerias e das pessoas para promover o crescimento inclusivo e sustentável para todos. A empresa possui um extenso histórico na criação de produtos, serviços, parcerias e experiências que permitem que os consumidores façam escolhas de consumo sustentáveis ​​que sejam melhores para o planeta - de maneira fácil e intuitiva, em seu próprio benefício.

A Priceless Planet Coalition (PPC) é uma plataforma criada para unir os esforços de sustentabilidade corporativa e investir significativamente na preservação do meio ambiente. Juntamente com parceiros que possuem o mesmo compromisso de progredir fazendo o bem, a PPC compromete-se a plantar 100 milhões de árvores em cinco anos, inspirando ações positivas dos consumidores. Além disso, uma parceria com a fintech startup sueca Doconomy permite que os consumidores rastreiem, compreendam e responsabilizem-se por sua pegada ambiental por meio de ferramentas digitais que estabelecem um novo padrão para soluções de pagamento orientadas a objetivos. A empresa também ingressou recentemente na RE100, reforçando seu compromisso com as energias renováveis​, ​e estabeleceu uma nova e ambiciosa meta de Emissões de Gases de Efeito Estufa para atingir 1,5°C, aprovada pela Science Based Target Initiative (SBTi). Para saber mais a respeito do compromisso da Mastercard com a sustentabilidade ambiental, visite https://www.mastercard.us/en-us/vision/corp-responsibility/sustainability.html.

A Mastercard está comprometida em construir uma economia digital mais inclusiva que funcione para todos. Isso inclui conectar 1 bilhão de pessoas e 50 milhões de PMEs à economia digital até 2025 e apoiar 25 milhões de mulheres empreendedoras no crescimento de suas empresas.

Michelle Muslera

Manager, Communications  |  Mastercard, International Markets (IMK)
Michelle.Muslera@mastercard.com

Sobre Mastercard (NYSE: MA)

A Mastercard é uma empresa global de tecnologia do setor de pagamentos. Nossa missão é conectar e impulsionar uma economia digital inclusiva que beneficie a todos, em todos os lugares, tornando as transações seguras, simples, inteligentes e acessíveis. Usando dados e redes seguras, parcerias e paixão, as nossas inovações e soluções ajudam indivíduos, instituições financeiras, governos e empresas a alcançar seu maior potencial. Nosso quociente de decência, ou DQ, impulsiona a nossa cultura e tudo o que fazemos dentro e fora de nossa empresa. Com conexões em mais de 210 países e territórios, estamos construindo um mundo sustentável que abre possibilidades Priceless para todos.

www.mastercard.com